anuncie

O que leva uma multinacional de 140 mil funcionários, com valor de mercado de US$ 28 bilhões, ir à falência em menos de 20 anos? Ou, tão mais surpreendente, qual o segredo de uma empresa que fatura US$ 1 bilhão e possui apenas 13 funcionários? Esses são apenas dois casos reais, Kodak e Instagram, respectivamente, de como a chamada tecnologia exponencial está impactando a vida de milhões de pessoas com ideias “simples” e fundamentais para a evolução da humanidade.

Mas há outras histórias, por exemplo, envolvendo a biotecnologia: é o caso do Kite Patch, um adesivo criado por cientistas para exterminar a malária em países como a Uganda, na África, onde 80% das crianças possuem o hospedeiro da doença. “Quando falamos em singularidade tecnológica, estamos nos referindo a projetos capazes de impactar 1 bilhão de pessoas em até 10 anos”, explica o professor Dr. Fábio Marques, do Instituto Federal de Goiás. Fábio é também mentor e co-fundador do GynBot, um grupo de estudos de Robótica aplicada usando hardware livre que se reúne semanalmente em Goiânia.

Fábio palestrou no Fórum Goiano de Software Livre (FGSL 2015) e deu dicas para os alunos de como se engajarem no open hardware e abraçar causas que possam impactar a vida de milhões de pessoas usando energia limpa, ao mesmo tempo que possam se traduzir em um negócio viável financeiramente.

Assista abaixo ao vídeo com a íntegra da palestra:

Acesse também os slides:


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor informe seu nome